Coronavírus: Estabelecer rotina de sono adequada ajuda a fortalecer o sistema imunológico


Especialista explica como o sono auxilia no fortalecimento do sistema imunológico no combate à doenças virais como o coronavírus.
Originado em Wuhan, na China, o novo Coronavírus (Covid-19) teve seu primeiro caso confirmado no dia 31/12/2019. Desde então, tem se espalhado e deixado o mundo em estado de alerta. O número de casos suspeitos e confirmados vem aumentando gradativamente, uma vez que, o vírus pode ser transmitido pelo ar ou pelo contato com pessoas contaminadas.
A principal forma de combate à expansão do vírus é a quarentena. Este método vem sendo adotado em casos suspeitos em países ao redor do mundo, uma vez que, o isolamento limita o contato de pessoas contaminadas com outras saudáveis. Por sua semelhança com a gripe comum e não ter uma cura específica, médicos e especialistas recomendam o estabelecimento de alguns hábitos e o uso de medicamentos previamente receitados para o combate aos sintomas do novo Coronavírus.
Se hidratar, estabelecer uma boa rotina alimentar e preservar o sono são essenciais para o fortalecimento do sistema imunológico durante o período de privação. O Dr. André Rocha (fisioterapeuta, com mestrado em engenharia e membro da Associação Brasileira do Sono) explica a relação entre dormir bem e a imunidade frente às doenças virais “Uma das funções do sono é o fortalecimento do sistema imunológico. Desta forma, um indivíduo que possui um sono adequado certamente estará mais protegido, prevenindo doenças virais. A melatonina produzida enquanto dormimos é responsável pelo fortalecimento do sistema imunológico”, explica.
Segundo estudo da Universidade Carnegie Mellon, realizado com 153 pessoas saudáveis, foi possível constatar que quem dorme menos de 7 horas por noite está mais propenso a contrair resfriados e doenças relacionadas, devido à diminuição da imunidade. Baseado em estudos similares, Marcio Atalla, durante o programa Bem-Estar & Movimento na rádio CBN diz que durante o sono ou sono reparador, a gente deixa o nosso sistema imunológico mais preparado. Quando a gente dorme menos ou dorme em menor qualidade, nosso corpo acaba liberando o hormônio do estresse, o cortisol. E esse hormônio em excesso faz com que nosso sistema imunológico fique imunodeprimido, um pouco mais enfraquecido. 
Diante do cenário de pandemia do novo Coronavírus, Dr. Andre alerta sobre os cuidados que devem ser tomados em relação ao sono durante período de quarentena “Priorizar os cuidados com o sono é fundamental. Manter o horário de ir para a cama e o horário de acordar, além de evitar exposição demasiada aos equipamentos eletrônicos”, orienta.
É recomendado que pessoas com sintomas leves ou que tenham contato com pessoas infectadas mantenham-se em casa e tomem todas as medidas recomendadas por médicos e pelo Ministério da Saúde. Empresas têm adotado sistema de home office e redobrado o cuidado nos ambientes administrativos. Manter-se atento aos sintomas e adotar bons hábitos relacionados ao sono, alimentação e exercícios é essencial para a prevenção e tratamento de doenças virais como o Covid-19.  

Compartilhe:

COMENTE!