Cuidados Home Care são essenciais para bons resultados estéticos


Além da clínica estética, tratamentos devem continuar em casa
 
Antes de iniciar qualquer tratamento estético, deve-se entender que o sucesso ou não dele depende muito de uma parceria entre o profissional e o paciente, que também deve ter responsabilidades de manter e complementar o procedimento realizado. Os cuidados em casa, os chamados tratamentos Home Care, prolongam os efeitos e aceleram os resultados.

Home Care corresponde a continuidade do tratamento estético em casa com a utilização de produtos para a pele, cabelos, corporal, etc. Esses produtos complementam os tratamentos feitos nas clínicas, potencializando os resultados com a mesma qualidade dos produtos utilizados pelos profissionais. Assim, atuam como uma extensão dos cuidados recebidos em uma clínica de estética.

Cuidados em casa
Adélia Mendonça, especialista em dermocosméticos de alta performance, sendo pioneira no Brasil nas áreas de estética íntima e skincare de alto percentual ativo e fundadora da Adélia Mendonça Cosméticos, explica que é muito importante conciliar o Home Care com as visitas nos consultórios estéticos. “O paciente visita um profissional uma vez na semana ou até uma vez no mês, em que sua disfunção estética receberá uma informação, mas se o paciente vai embora e não dão sequência ao tratamento, em alguns dias as informações que recebeu, não continuarão ativas, já que ele não alimentou essa informação. Por isso, a importância do Home Care, que irá tratar as disfunções durante toda a vida e não apenas na clínica estética”, afirma. 

Além disso, é importante ressaltar que é preciso usar os produtos corretos para o tipo de tratamento desejado e que cada pessoa é única, por isso, esses produtos de tratamentos Home Care devem ser sempre indicados por profissionais da área de beleza e saúde, para que assim, não corra o risco de possíveis problemas, já que usar o produto inadequado pode ser nocivo para a saúde.

Na clínica estética será feito o tratamento e a correção da disfunção estética, mas apenas os cuidados em casa irão manter o tratamento, para que assim não volte mais. Dessa maneira, é importante seguir as recomendações do profissional quanto ao produto, frequência e modo correto de usar. Além disso, é importante lembrar de fazer a higienização adequada antes da aplicação de qualquer produto.

Cultura de cuidados
Adélia Mendonça lembra que no Brasil, ainda, não existe uma cultura de proteção e prevenção, no entanto, esse é um trabalho que os profissionais da área de estética devem ajudar a criar. Dessa forma, toda a população vai entender que é melhor prevenir do que corrigir.

Também, deve-se criar uma conscientização desde a infância. Quando pais ensinam seus filhos a ter cuidados com a beleza e estética desde crianças, quando adultos dificilmente terão algum problema. “Uma pessoa que desde criança cria o hábito de usar protetor solar, quando adulta não terá problemas graves como o câncer de pele ou melasma, por exemplo”, finaliza Adélia Mendonça.

Compartilhe:

COMENTE!