Quatro dicas para manter o bebê seguro no inverno



No dia 21, o inverno começou oficialmente. Nesta estação do ano, é muito importante que os pais fiquem ainda mais atentos à saúde dos bebês, que podem sentir os impactos das baixas temperaturas e do clima mais seco. 

Com isso em mente, a MAM Baby, marca especialista em bebês, reuniu algumas das principais dúvidas de pais e mães e convidou um especialista da área de saúde para responder e gerar informações úteis sobre como curtir o friozinho em família de maneira segura, em uma live realizada no início do mês.

Além de pediatra especialista em pneumologia, Thiago Caldi é pai e busca, em sua relação com os pacientes, compreender a realidade das famílias para promover o bem-estar integral à criança e a segurança aos pais. O médico trouxe insights que desmistificam tabus relacionados à pneumologia pediátrica, com dicas práticas e eficientes para manter os bebês saudáveis e protegidos durante o inverno. 

Lavagem nasal 

A prática ajuda a higienizar e hidratar a mucosa nasal, para remover partículas de sujeira ou alérgenos. A lavagem deve ser feita com soro fisiológico, que não pode estar gelado, e pode ser inserida na rotina diária do bebê, mas no inverno é ainda mais importante, devido ao tempo seco. 

Banho na temperatura certa

Não é necessário mudar a rotina de banho do bebê, que pode continuar a ser feito no final da tarde ou antes de dormir, por exemplo. Mas é importante atentar à temperatura da água, que deve estar entre 36 °C e 37 °C, e também do ambiente, que deve estar entre 22 °C e 24 ºC.

Marya Luisa (foto pessoal - reprodução não autorizada)


Ambiente

A principal causa do aumento de doenças no inverno são as aglomerações e os ambientes fechados. Mesmo durante o frio, é importante garantir que a casa esteja arejada, para dificultar a concentração de vírus e bactérias. É preciso abrir as janelas durante o dia e levar o bebê para passeios em ambientes abertos. Principalmente durante a pandemia, é preciso evitar, ao máximo, lugares fechados e com muita gente. 

Estímulo da autonomia

A dica mais importante é observar o bebê. Em uma temperatura de 24 °C, por exemplo, apenas um body e calça já são suficientes para mantê-lo aquecido. Excessos de roupa podem trazer problemas como microlesões na pele e hipertermia. Para checar, basta encostar as mãos no tórax do bebê e, caso ele esteja numa temperatura agradável, significa que não está passando frio, e não são necessárias mais camadas de roupa. 

Essas e outras dicas surgiram com base nas principais dúvidas de mães e pais que foram respondidas pela MAM Baby em uma live sobre cuidados no inverno feita em parceria com Thiago Caldi e Fernanda Floret, do blog Vestida de Mãe. O bate-papo completo está disponível neste link.

Compartilhe:

COMENTE!