9 lições de mulheres bem sucedidas para vencer no mercado de trabalho

 
Executivas da Gi Group Brasil revelam os segredos para construir uma carreira de sucesso, driblando os desafios comuns do dia a dia
 
De acordo com as executivas da multinacional italiana de recursos humanos Gi Group, que tem mais de 70% do seu quadro de colaboradores, inclusive nos cargos de liderança, formado por mulheres, sim, elas podem atingir posição de destaque na carreira.

A partir das experiências de duas de suas executivas, Fernanda Trindade, gerente de marketing, e Luciana Port, diretora financeira, a Gi Group Brasil selecionou nove dicas para como construir uma trajetória profissional e pessoal de sucesso, driblando os assédios e desafios diários e sem abrir mão dos sonhos e da qualidade de vida:

1-Escolha o trabalho que goste: ter prazer e paixão pelo o que faz é fundamental para estimular qualquer profissional a fazer bom trabalho e se dedicar mais e mais no desenvolvimento da carreira. 

2-Estude sempre: o estudo não deve terminar com a conquista do diploma de faculdade. Além de uma boa faculdade e domínio de idioma estrangeiro, pós-graduação, MBA, doutorado e pós-doutorado fazem parte do currículo de boa parte das mulheres que estão em cargos de liderança. Invista em cursos de atualização, especializações e outras capacitações que ajudem a complementar o seu trabalho e ir mais além. 

3-Faça mais e cada vez melhor: procure avaliar constantemente o seu desempenho, mesmo que tenha feito um ótimo trabalho. Pontue as qualidades e os defeitos, o que pode ser melhorado e o que faria diferente para obter melhores resultados e/ou ampliar os seus objetivos. 

4-Encare as adversidades como lição: nas dificuldades e nas crises surgem novas ideias. Encare o ambiente hostil, os desafios e até lidar com chefe exigente como campo fértil para aprendizado e para viver uma experiência que ajudará a desenvolver novas habilidades e aperfeiçoar as que possui.  

5- Faça alianças sem distinção: separe o pessoal do profissional e trate todos da mesma forma que gostaria de ser tratada. Procure sempre unir força com superiores e colegas, independentemente da sua afeição, desempenhando o melhor possível a sua função nos trabalhos em conjunto, compartilhando experiências e informações que possam beneficiar ambos os lados.

6-Agarre as oportunidades: há alguns anos a troca constante de emprego não era bem vista no mundo corporativo. Hoje, com a disputa de talentos no mercado de trabalho, é comum os profissionais terem em seu currículo passagens por diversas empresas em curto espaço de tempo. Não hesite em aproveitar oportunidades que ofereçam melhores condições de trabalho, novas experiências e crescimento profissional. 

7-Aprenda a blindar-se contra assédios: piadas machistas podem ser ignoradas ou relevadas com um sorriso. Já no caso do assédio sexual e brincadeiras mais ofensivas manifeste o descontentamento e estabeleça limites de forma franca e objetiva, sem levantar a voz. E dependendo da gravidade, denuncie o caso ao superior ou departamento competente. Adote mecanismos de proteção, como evitar compromisso a sós que não seja para assuntos profissionais com um colega ou superior que não confia, e fique atenta à imagem pessoal que transmite aos outros.

8-Invista em seus sonhos pessoais: trabalhe também o seu sonho, seja o desejo de ser mãe, se aventurar pelo mundo, disputar um campeonato esportivo, morar em outro país. Lembre-se que sempre há espaço para talentos e bons profissionais no mercado de trabalho, e experiência fora do ambiente corporativo pode trazer lições valiosas e criar habilidades que podem ser úteis na vida profissional e pessoal. 

9-Descubra e tenha um propósito de vida: o trabalho sem dúvida é importante, mas não é tudo. Dedique um tempo do seu dia a aquilo que te dá prazer, energia, inspiração, motivações, enfim que ajude a te revigorar depois de um dia corrido e estressante. Pode ser um momento agradável ao lado da família, amigos, trabalho voluntário, praticar esportes ou apenas meditar e contemplar uma bela paisagem. 

 

Compartilhe:

COMENTE!

0 Garotas comentaram: