Arte urbana colore mural externo do Conjunto Nacional

O texto a seguir foi escrito, enviado por uma assessoria de imprensa e publicado gratuitamente.  
 O conteúdo não reflete necessariamente minha opinião sobre o serviço ou produto mencionado.

Arte do grafiteiro brasiliense Pedro Sangeon, criador do personagem Gurulino, faz homenagem à Brasília em muro do primeiro shopping da cidade



 O Conjunto Nacional vai comemorar 46 anos no dia 21 de novembro e vai presentear Brasília colorindo parte de sua fachada. O mural externo sul, voltado para a Rodoviária, ganhará cores vibrantes e grafismos da arte urbana. O shopping, que é o primeiro da Capital e tombado pela UNESCO como Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade, vai homenagear a cidade com seus ícones clássicos e mais representativos. Para ficar ainda mais com a cara de Brasília, o autor será o artista plástico e ilustrador brasiliense Pedro Sangeon, criador do personagem Gurulino, um ser carismático de três olhos que estampa dezenas de espaços da capital com frases reflexivas.

Estão presentes na arte do mural monumentos como a Praça dos Cristais, a escultura de Juscelino Kubitschek (Memorial JK), Museu Nacional, a escultura Os Dois Candangos e a Catedral. O famoso personagem Gurulino não poderia faltar e também fará parte do painel. “Para criar a arte do mural, me inspirei na história da própria cidade e suas características mais originais, como o espetáculo diário das cores do pôr do sol brasiliense, o céu noturno em dia de lua, igualmente belo, os ipês, a beleza do desenho de vários dos monumentos e a presença de símbolos contemporâneos, como o Gurulino, que faz parte dessa atual efervescência artística que Brasília vem consolidando, para se reinventar e definir sua própria cultura e costumes”, disse Sangeon. 

O trabalho terá início esta semana e deverá levar pouco mais de 15 dias para ser finalizado. “A cultura sempre fez parte do DNA do Conjunto Nacional, que tem a preocupação de trazer música, exposições e programação infantil para o shopping. A arte urbana ocupa um espaço especial no emocional do brasiliense e, além de valorizar essa importante expressão artística da linguagem das ruas e da sociedade, iremos trazer um pouco desse trabalho incrível do Pedro para perto de nossos clientes”, disse a gerente de Marketing do Conjunto Nacional, Cláudia Durães.

Sangeon, que nasceu e cresceu em Brasília, contou que está muito animado em levar sua arte para a fachada do shopping mais tradicional da cidade. “Vamos nos dedicar para que fique pronto a tempo de celebrar o aniversário do Conjunto Nacional, dia 21 de novembro. O shopping é um marco na história da cidade e de quem vive aqui. Vou ao Conjunto desde os dois anos de idade. Faz parte da minha história”, contou o artista. Para executar a obra, Sangeon contará com a assistência do artista e também muralista brasiliense, Renato Moll.


Um conjunto de histórias - As histórias de Brasília e do Conjunto Nacional, primeiro shopping da região Centro-Oeste e o segundo do Brasil, estão intimamente ligadas. O projeto do Plano Piloto, desenvolvido pelo arquiteto e urbanista Lúcio Costa, previa, no coração da capital do Brasil, além de uma ampla rodoviária, a implantação dos setores de Diversões Norte (SDN) e Sul (SDS), com seus letreiros luminosos. Idealizada pelo artista plástico Athos Bulcão, a fachada do Conjunto Nacional também é um dos marcos da construção de Brasília. 

Esse belo cartão postal faz parte do projeto do Plano Piloto, tombado pela UNESCO como Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade. Construído em três etapas, prontas respectivamente em: 1971, 1974 e 1977, é considerado um marco e símbolo cultural. Recebe, diariamente, cerca de 70 mil pessoas. O Conjunto Nacional é referência em opção de compras e serviços. São mais de 300 operações, incluindo conceituadas marcas do mercado varejista e alimentação com várias opções de fast-food e restaurantes. 

Compartilhe:

Postar um comentário