Nova lei para instituições promoverá acesso de deficientes em cursos à distância

O software Rybená auxiliará na acessibilidade de surdos, analfabetos funcionais, deficientes visuais e parciais, pessoas com síndrome de down, idosos e disléxicos.


Em atenção à Lei ° 13.146 que trata do Estatuto da Pessoa com Deficiência, em vigor desde janeiro de 2016, as instituições de ensino que oferecem cursos à distância em todo o Brasil, necessitam se adequar às novas regras de acessibilidade para as pessoas com deficiência. A lei exige que os portais e sites das instituições ofereçam acesso a pessoas com deficiência visual, auditiva, cognitiva e motora. 

Atualmente, o Brasil conta com um amplo e descentralizado sistema de educação superior. O país possui, no total, 2.368 instituições de ensino superior que oferecem aproximadamente 33 mil cursos de graduação em todas as regiões. Os dados constam no Censo da Educação Superior 2014 divulgado pelo Ministério da Educação (MEC) e pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), em dezembro de 2015. 

O software visa beneficiar todos aqueles que buscam informações de qualidade e formação superior, com todos os auxílios necessários. Diversas instituições de ensino estão se adequando à nova lei e passam a oferecer em suas páginas um tradutor de textos em português para libras e, ainda, um leitor que transforma o texto em voz.

No Distrito Federal, o Centro Universitário IESB e a Universidade Católica de Brasília já utilizam a solução de acessibilidade através do Rybená em seu Sistema de Ensino à Distância – EAD. O qual facilita o entendimento dos textos disponíveis na internet, para as pessoas com deficiência auditiva, visual, cognitiva e motora. 

Diversas outras instituições de ensino do Distrito Federal estão em fase de implantação da solução Rybená, como o Centro Universitário de Brasília – UNICEUB. Nos demais estados, as instituições também estão em processo de regulamentação. 

De acordo com o Acórdão nº 505/2016 do Tribunal de Contas da União - TCU, a Administração Pública passa a fiscalizar a adoção de:

“...tecnologias assistivas que possuam como objetivo a promoção da acessibilidade em sistemas, portais e outras ferramentas tecnológicas por eles disponibilizadas, com vistas a favorecer o acesso de pessoas com deficiência visual, auditiva, cognitiva e motora a esses recursos de tecnologia da informação”.

Rybená
É um recurso de tecnologia assistiva que está apto para funcionar de forma compatível com os principais navegadores, seja para computadores ou dispositivos móveis. Com tecnologia de ponta e completamente nacional, a solução é capaz de traduzir textos do português para LIBRAS e de converter o português escrito para voz, oferecendo às pessoas com necessidades especiais a possibilidade de entendimento dos textos na internet. 

Conheça as funcionalidades básicas do Rybená:
·                    Transforma textos escritos em voz;
·                    Traduz textos em português para Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS;
·                    Não há necessidade de instalação de plug-ins ou recursos adicionais;
·                    Contém personagem 3D;
·                    Alta qualidade de tradução com controle de velocidade;
·                    Modo inteligente para solucionar ambiguidades linguísticas;
·                    Cadência e naturalidade na apresentação dos sinais em LIBRAS;
·                    Aparência uniforme do personagem; 
·                    É fácil de instalar, não ocasiona interferência ou necessidades de adequações no site;
·                    O usuário pode selecionar apenas uma palavra, uma frase ou todo o texto para leitura ou tradução;
·                    É aderente aos padrões internacionais do W3C;
·                    Suporta os formatos de texto em HTML, PDF, DOC e outros.

Universo de beneficiários no país (dados do IBGE de 2010):
45 milhões de deficientes;
14 milhões de idosos;
18 milhões de analfabetos;
9,7 milhões de surdos;
30 milhões de analfabetos funcionais.

AG1 Comunicação

x_d5db45e

Compartilhe:

Postar um comentário