Seu formato de corpo e a técnica adequada para tratamento dermofuncional


A fisioterapeuta e dermatofuncional Renata Moreira indica as técnicas mais adequadas

A cliente tem tendência a acumular gordura localizada ou não consegue se livrar dos nódulos de celulite? Para que o tratamento seja eficaz, é fundamental realizar uma análise da estrutura de seu corpo. “Mesmo com boa alimentação e exercícios físicos, algumas pessoas têm tendência a engordar, ficar flácida ou ter celulite em lugares específicos, e nesse caso a técnica utilizada deve ser diferente”, diz Renata Moreira, fisioterapeuta e dermatofuncional da Ibramed, empresa de equipamentos de estética e saúde.

Para a especialista, há tratamentos especiais para cada tipo de corpo:

Triângulo (para alguns, também pode ser considerado oval). 
Esse tipo de corpo apresenta ombros estreitos e quadris largos. E são justamente o bumbum e as coxas que aumentam mais quando há ganho de peso.
Tratamento indicado. De acordo com Renata, os procedimentos que utilizam técnica a vácuo são os ideais para tratar culote e bumbum. Entre eles, o Dermotonus Slim, que ajuda a levantar o bumbum, a combater a gordura localizada e a tonificar os músculos, entre outros benefícios.

Triângulo invertido. 
Ao contrário do corpo oval, aqui os ombros largos e os quadris estreitos são as principais características. É uma silhueta considerada atlética, mas para valorizá-la, segundo a expert, é preciso fortalecer a estrutura do corpo e da pele.
Tratamento indicado. É importante utilizar equipamentos que trabalham não apenas os músculos, mas também a pele. O destaque é para as terapias vibro-oscilatórias, como as do equipamento Modellata, que combinam diversos tipos de energia para fortalecer o corpo.

Retangular.
Busto, cintura e quadris apresentam medidas parecidas. Mas ao ganhar peso, os pneuzinhos aparecem.
Tratamento indicado. Para combater esses temidos pneuzinhos, a fisioterapeuta Renata Moreira indica o aparelho Sonofocus, com tecnologia conhecida como lipoaspiração sem cortes ou lipocavitação, que produz energia de alta intensidade para destruir as células de gordura.

Oval, redondo e maçã. 
Não raramente, pode existir acúmulo de gordura entre o busto, a cintura e o culote.
Tratamento indicado. Equipamentos de ultrassom ajudam a eliminar a gordura localizada com maior rapidez. O Heccus Turbo, por exemplo, permite fazer dois tratamentos ao mesmo tempo, apresentando bons resultados já nas primeiras sessões, segundo Renata.

Ampulheta. 
Busto e quadris possuem medidas semelhantes, com cintura definida. Nesse caso, se houver ganho de peso, técnicas de modelagem e tonificação de músculos ajudam a resolver o problema.

Tratamento indicado. A radiofrequência auxilia na diminuição da flacidez e da gordura localizada. O aparelho Hooke, por exemplo, ativa a produção de fibras de colágeno, atuando na região em que há celulite e ajudando a firmar a pele, diz a especialista.
Por Redação.
Foto: Shutterstock
(http://www.beautyfair.com.br/)

x_d5db45e

Compartilhe:

Postar um comentário