Sobrancelhas à luz da lupa / Denise Braga

À luz da lupa
Muitas são as queixas em relação aos fios das sobrancelhas estarem rarefando ou encravando. Compreendo que o ciclo de crescimento dos fios das sobrancelhas são mais longos que os outros pêlos do corpo, alguns procedimentos profiláticos na hora do designer podem salvar a vida das sobrancelhas.
O uso da lupa não é muito comum entre os profissionais, pois eles se sentem incomodados com a lente de aumento. No entanto, a experiência diz que o melhor é ter um foco de luz e de aumento, pois alguns pêlos são muito miúdos e se forem retirados à revelia podem encravar. É bem comum pálpebras manchadas por causa do pigmento hemociderina do sangue e isso ocorre quando a pinça machuca a pele, principalmente em pele morenas.
Um outro detalhe é trocarmos a pinça pela cera. Este é um erro brusco, algumas peles são muito finas e de fácil sensibilização e, além do mais, se uma linha de pelos terminais for retirada equivocadamente, por vezes repetidas, podem deixar as sobrancelhas com falhas. A identificação de um pêlo terminal se dá de melhor forma através da luta.
Pinças de má qualidade são fatores de risco para uma sobrancelha cambota. Uma pinça precisa exercer bem a função de pega e não de corte.

Um profissional designer de sobrancelhas deveria ser especialista em cabelo e não apenas em forma para compreender melhor o universo que envolve a beleza e saúde das sobrancelhas.

By  Denise Braga
Terapeuta Capilar, autora do livro Manual de instruções - Terapia Capilar

Deixe sua pergunta para o especialista nos comentários, acesse nossas redes sociais ou pelo e-mail: fiosspacapilar@gmail.com

x_d5db45e



Compartilhe:

Postar um comentário